Franquia Coco Bambu – Tudo o que você precisa saber!

Se você chegou até aqui é porque talvez já esteve em algum dos restaurantes da marca. Ou já ouviu falar bem dos pratos e do ambiente. Então, devido ao seu espírito empreendedor, logo se interessou em saber como abrir uma franquia Coco Bambu.

Mas e afinal, será que é possível se tornar um franqueado da rede, que é muito conhecida pelos pratos com frutos do mar?

Essa e outras dúvidas sobre o Coco Bambu restaurante, você vai esclarecer agora. Portanto, siga a leitura. Veja informações sobre essa marca milionária. Ela começou como uma pastelaria. Hoje tornou-se reconhecida em todo o Brasil. Tudo isso, por sua sofisticação e pratos deliciosos.

Conheça a rede de restaurantes que fatura R$ 780 milhões por ano

Muito antes de inaugurar a primeira unidade do Coco Bambu, os empresários Afrânio Barreira e Daniela Barreira, abriram uma pequena pastelaria em Fortaleza. O ano era 1989.

Com o passar do tempo, eles viram o sucesso que o negócio fazia. Então, Afrânio decidiu vender outras empresas que tinha. Logo após, junto com Daniela, montaram o primeiro restaurante Coco Bambu. Isso ocorreu em 2001.

No menu, os clientes encontravam vários pratos. Por exemplo, tapioca, pizza e crepe. Tudo em um ambiente pensado com cuidado. É um clima praiano-tropical. Conforme esperado, o sucesso foi imediato. Principalmente entre os turistas.

Após isso, diversas unidades foram abertas. Atualmente, a rede possui restaurantes em diversos estados, como por exemplo, Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, entre outros.

O que antes era somente um restaurante, passou a ser um espaço também para eventos. Além disso, o Lounge & Music proporciona um ambiente aconchegante, para saborear os pratos, drinks e outras bebidas, enquanto ouve uma boa música.

Por ter se tornado um referencial na gastronomia brasileira, o Coco Bambu, além de servir bebidas diversas em suas unidades, desenvolveu uma linha própria de produtos, composta por um vinho tinto, um vinho branco, um espumante e uma cerveja. Todos os quatro rótulos levam o nome da marca.

Franquia de restaurante Coco Bambu

Raio X do Coco Bambu Restaurante

Ano de fundação: 2001
Número de restaurantes: 33
Faturamento anual da rede: R$ 780 milhões
Valor de cada restaurante aberto: R$ 10 milhões

O cardápio elaborado para várias classes sociais

Dificilmente pensamos em frutos do mar e não ficamos com água na boca, não é mesmo?!

Assim também acontece com os clientes do Coco Bambu, ao se depararem com as opções servidas. São elas:

  • Peixes, camarões, lagostas e frutos do mar;
  • Pastéis e outros petiscos;
  • Carnes;
  • Linha Fit;
  • Escondidinhos;
  • Moquecas;
  • Pratos para crianças;
  • Sobremesas e tortas inteiras;
  • Cafés;
  • Entre outros.

Com base na disponibilidade de cada restaurante, é possível escolher entre tilápia à meunière, peixe praiano, pirarucu mix de pimentões, camarão do sertão, moqueca de banana, lagosta internacional, pastel socadinho de Camarão, salada Mucuripe, etc.

Além dos pratos e petiscos salgados, os doces também agradam aos diversos paladares. De sobremesa, pode-se pedir um bolo quente, sorvete de flocos, cocada ao forno, petit gateau de amêndoas e limão siciliano, além de outras delícias.

Mas qual é o preço para comer no Coco Bambu?

Os valores dos pratos, bebidas, entradas e sobremesas variam bastante. Ou seja, há opções para as pessoas que pretendem gastar menos dinheiro, e outras para as que não pensam em economizar, na hora de fazer uma refeição ou usufruir de um momento de lazer.

Só para ilustrar, o cliente pode pedir um Peixe pizzaiolo, que serve 2 pessoas, por R$ 107,00. Ou também pode escolher uma lagosta a thermidor, para a mesma quantidade de pessoas, mas que custa R$ 250,00.

Já para aqueles que gostam de excelentes rótulos, pode-se pedir um vinho de R$ 3 mil.

Em resumo, independente de quanto você ganha, muito provavelmente, você encontrará o prato e a bebida, que cabem no seu bolso.

Nota: Os valores e pratos citados acima foram retirados da internet, antes da publicação dessa matéria. Portanto, pode não ser os preços e o cardápio, praticados na atualidade.

É possível abrir uma Franquia Coco Bambu?

Eis as perguntas que não querem calar: quanto custa a franquia Coco Bambu? Qual o valor para ser um franqueado?

Não há respostas para essas perguntas, pois até o momento, a rede não expande através de franquias, mas sim com sócios-administradores, que ficam à frente dos restaurantes.

Camarão do restaurante Coco Bambu

Conforme vimos no decorrer dessa postagem, cada restaurante está avaliado em cerca de R$ 10 milhões de reais. Só que não foi divulgada o valor para ser sócio. Assim como não se sabe, como são selecionados e analisados os futuros sócios.

Então, agora que você sabe que a franquia Coco Bambu que você buscava, na realidade, trabalha com sócios-administradores, talvez seja o momento de procurar outras franquias de restaurantes. A não ser que você esteja com o intuito de se tornar sócio da empresa.

Neste caso, será preciso entrar em contato diretamente com a rede, a fim de saber como funciona esse processo.

Por outro lado, ao manter-se firme no propósito de abrir uma franquia, que esteja de acordo com os recursos financeiros que tem disponível, o ideal é em primeiro lugar, conhecer o mercado e as marcas.

Em um mercado concorrido, vale a pena abrir uma franquia de restaurante?

De fato, o ramo da alimentação é um dos mais disputados. Afinal, são inúmeras marcas famosas e grandiosas. Estas não param de abrir novos restaurantes.

Além disso, tem as empresas que não atuam no franchising. Mas que também disputam a preferência dos clientes.

Portanto, para você que deseja fazer parte deste segmento, trouxemos algumas dicas para os possíveis futuros franquedos. Confira a seguir:

  • Habilidades de gestão é primordial para o sucesso da franquia. Como muitos dizem: “Para ter um restaurante não é preciso saber cozinhar. É essencial saber como administrar”;
  • Avalie a região onde vai abrir o restaurante. Veja se há atrativos. Isso vai atrair um grande número de pessoas;
  • A tecnologia está em ascensão. Então, escolha uma rede de franquias que acompanhe isso. É bom que o negócio esteja sempre atual;
  • Veja qual é a margem de lucro dos pratos. Assim como, outros produtos servidos nos restaurantes;
  • De acordo com a Abrasel, o delivery movimenta cerca de R$ 11 milhões de reais por ano. Dessa forma, também é vista uma boa opção de investimento;
  • Assim como o restaurante Coco Bambu, que revê o cardápio com constância, escolha uma franqueadora que também está preocupada em se reinventar sempre.

Opções para a Franquia Coco Bambu

Como a Franquia Coco Bambu não existe, para seguir com o intuito de ser um franqueado no setor alimentício, será preciso abrir o leque de opções de franquias de restaurantes.

Aqui você conhece diversas marcas. Muitas atuam com a venda de franquias.

Portanto, não deixe de ver nossa lista completa.