Negócio de supermercado virtual: comece já e aproveite o boom das entregas em domicílio

De fato, existe um novo normal, como muitos chamam. A forma de comprar, de se divertir, interagir com as pessoas e trabalhar mudou (e muito!). Com isso, novos formatos de negócios ganharam força, como por exemplo, as entregas de itens de mercearia. Portanto, se você quer saber como montar um negócio de supermercado virtual popular, vamos te dizer.

Introdução para montar um negócio de supermercado virtual

Não sabemos de qual geração você é, mas independente disso, certamente você já notou que a atual geração depende da tecnologia para quase tudo. Afinal, os olhos sempre atentos na tela do computador, são uma confirmação dessa realidade.

Então, porque na hora de fazer as compras de supermercado, seria diferente?

Mas não pense que apenas os mais novos e “antenados” na internet, tem esse comportamento de se relacionarem e consumirem, com o auxílio da internet.

Só para ilustrar, há alguns anos atrás, aos fins de semana, o lazer de parte da classe trabalhadora, era ir ao supermercado e encarar as longas filas.

Com o tempo, a tecnologia mudou essa realidade (ou pelo menos está mudando). E isso foi graças ao comércio eletrônico e aos aplicativos, que fizeram com que o poder de compra estivesse na palma das nossas mãos.

A venda dos mantimentos online, economiza tempo e esforço. Além disso, possibilita que mulheres e homens que trabalharam a semana inteira, possam dedicar suas horas livres para algo mais prazeroso, para o merecido descanso.

Sem dúvida, não se pode negar que o supermercado virtual, que entrega por delivery, é a nova tendência. Portanto, se você quer iniciar um mercadinho online, não há tempo melhor que agora!

O que fazer para montar um negócio de supermercado virtual

Antes de mais nada, informe-se sobre as regras da vigilância sanitária e/ou outros órgãos competentes. Afinal, é um negócio no ramo alimentício. E por mais que muitas lojas virtuais de supermercado online, trabalhem somente com produtos alimentícios embalados, ainda assim se faz necessário (obrigatório) seguir a regulamentação vigente, para que o sonho do negócio próprio, não vire um pesadelo.

Dito isto, em seguida listamos algumas dicas e vamos contar alguns pontos indispensáveis para montar um pequeno e popular mercado online.

1. Decida a plataforma de venda

A plataforma para supermercado online mais utilizada tem sido os aplicativos de comida delivery, como por exemplo o ifood. Essa escolha economiza o tempo do empreendedor, pois não precisa ter uma loja virtual própria.

Outra vantagem é que o ifood já possui uma base de pessoas, que acessam o app diariamente.

Mas por outro lado, é cobrado uma taxa nas vendas que são feitas através do app. Portanto, se essa for a sua escolha, é importante levar em consideração também o valor de todas as taxas. Assim, você saberá como calcular o preço a ser cobrado.

Outra opção é ter um e-commerce ou vender nas redes sociais. Neste caso, todo o trabalho e divulgação do supermercado online, ficará por sua conta.

2. Defina a região de entrega

Região do negócio de supermercado virtual

Em segundo lugar, você precisa decidir quais áreas serão atendidas.

Essa decisão é crucial, pois se for tomada de forma precipitada, poderá trazer muitas reclamações de clientes, que tiveram suas encomendas entregues com atraso.

Alguns fatores devem ser levados em conta:

  • Preferências sociais das pessoas que moram na área, que você deseja fazer as entregas;
  • Concorrência no mercado.

3. Escolha o mix de produtos

Um estoque bem definido, organizado e checado, é a alma de qualquer negócio de supermercado.

Defina quais produtos você vai oferecer. Para início, não é preciso ter um mix amplo, pois se você for analisar a concorrência nos aplicativos de delivery, por exemplo, verá que há mini mercados que vendem apenas itens considerados essenciais e mais comuns:

  • Arroz;
  • Farinha de Trigo;
  • Margarina;
  • Açúcar;
  • Leite condensado;
  • Biscoitos;
  • Óleo;
  • Azeite;
  • Enlatados;
  • Refrigerante;
  • Pão de forma;
  • Papel Higiênico;
  • Detergente;
  • Entre outros.

4. Pense como as entregas serão feitas

Como entregar os produtos comprados no supermercado online

A forma de levar os produtos para os seus clientes, será através dos serviços de entrega. Dessa forma, certifique-se escolher um de confiança.

O serviço de entrega escolhido deve ser rápido e cuidadoso, para que as compras cheguem até seus clientes, com agilidade e em perfeitas condições. Isto é, nada amassado ou quebrado.

Você pode ter um entregador, que trabalhe diretamente para você, ou ainda pode contar com serviços como o Uber Eats, que é um app de entrega de pedidos de comida.

5. Conecte-se à diversos fornecedores

Com toda a certeza, pesquisar preços e as melhores condições de pagamento, é uma tarefa que o empreendedor deve dar uma grande importância e dedicar boa parte de sua atenção.

A matemática é simples: quanto menor for o seu custo, maior será o seu lucro.

Para começar a pesquisa por fornecedores, utilize o Google. Logo após encontrar o que procura, faça levantamento de preços e escolha o que melhor lhe atender.

6. Divulgação

Ainda que você decida ter o seu negócio de supermercado virtual no ifood ou outros aplicativos, não dá para contar somente com o público que está cadastrado nessas plataformas. Afinal, a concorrência por lá é grande.

Sendo assim, faça o seu próprio marketing. Em seguida, conheça algumas formas de fazê-lo de forma eficiente:

  • SEO – se você tiver uma loja online;
  • Ações offline – distribuição de banners e cupons de descontos nos comércios locais, como por exemplo, salões de beleza, portarias de prédios, dentre outros;
  • Parcerias com comércios eletrônicos de outros segmentos;
  • Publicações em redes sociais.

7. Opções de pagamento para o negócio de supermercado virtual

Decerto, quanto mais formas de pagamento você aceitar, maiores são as chances de você vender. Isso porque alguns clientes se sentem mais confortáveis em pagar com cartão de crédito, enquanto outros ainda são resistentes a fazer transações financeiras pela internet e preferem pagar com dinheiro, no ato da entrega.

Nos app de delivery, já são aceitas diversas modalidades de pagamento. Mas se você for montar seu e-commerce, procure uma plataforma que ofereça soluções de pagamento flexíveis e confiáveis.

8. Pense na escalabilidade desde já

Sem dúvida, todo negócio precisa ser pensado a longo prazo. E uma grande vantagem dos negócios online é a escalabilidade, isto é, o crescimento e o aumento do volume de produção.

Já que estamos falando sobre como montar um supermercado virtual, é importante atentar-se à diversos fatores desde o início da operação. Por exemplo, o relacionamento com os clientes.

Peça feedback e leve em consideração todos os comentários, sejam eles elogios, sugestões ou reclamações. Afinal, são eles que vão criar uma grande rede de pessoas para consumir seus mantimentos. Até porque, a propaganda boca a boca e o retorno de quem já consumiu com você, é o que cria uma estrutura sólida para o negócio.

Conclusão sobre o negócio de supermercado virtual

Abrir um mercado popular de sucesso

Uma pessoa com espírito empreendedor e empenhada, sempre encontrará oportunidades. Assim como você, que chegou até aqui, para obter mais informações de como montar um supermercado online.

Para concluir, gostaríamos de deixar um lembrete: administrar uma mercearia e gerenciar estoques de alimentos, não é brincadeira. Então, para tornar seu negócio bem-sucedido, você deve pensar sempre como um empreendedor de sucesso.

É por essa razão também, que muitas pessoas escolhem comprar uma franquia de mercado, ao invés de estruturar um novo negócio do zero.

Seja como for, se você chegou à conclusão de que essa é a melhor opção para você, é a hora de arregaçar as mangas e fazer o negócio acontecer.